5
Justos diante de Deus
1Portanto, desde que pela fé fomos declarados justos perante Deus, temos paz com Ele por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor.2Através dele, pela fé, também pudemos entrar na graça#graça A bondade divina. de Deus, na qual agora nos encontramos. Portanto nos alegramos por causa da esperança que temos de participar da glória de Deus.3Além disso, até nos nossos sofrimentos nos alegramos, porque sabemos que o sofrimento produz a paciência;4a paciência produz caráter; e o caráter produz a esperança.5A esperança não nos decepciona, pois Deus derramou o seu amor para encher os nossos corações por meio do Espírito Santo#Espírito Santo Também é chamado de “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo” e “Conselheiro”. Ele está unido com Deus e Cristo e realiza o trabalho de Deus entre as pessoas do mundo. que nos foi dado.
6Porque, quando não éramos capazes de nos salvar, Cristo morreu por nós, os pecadores, no momento certo.7Dificilmente alguém morreria para salvar a vida de uma pessoa justa; embora alguém possa ter coragem suficiente para dar a vida por uma pessoa boa.8Mas Cristo morreu por nós quando éramos pecadores. Assim Deus mostrou o grande amor que tem por nós.
9Fomos declarados justos pelo sangue de Cristo. Com toda certeza, por meio dele, seremos salvos da ira de Deus.10Se, quando éramos inimigos de Deus, Ele estabeleceu a paz por intermédio da morte de seu Filho, muito mais agora, que estamos em paz com Deus, Ele nos salvará pela vida de seu Filho.11E não é só isso! Nós também nos alegramos por esta nova relação que temos com Deus, pois por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, nós agora estamos em paz com Ele.
Adão e Cristo
12Assim como o pecado entrou no mundo por meio de um homem, e a morte por intermédio do pecado, também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.13Antes da lei de Moisés ser dada, o pecado já existia no mundo. Porém, como não havia lei#lei A lei de Moisés, a lei judaica., o pecado não era levado em conta.14No entanto, desde o tempo de Adão até Moisés, a morte teve poder mesmo sobre aqueles que não pecaram como Adão pecou quando desobedeceu a ordem de Deus. Adão era um modelo daquele que havia de vir.
15O pecado não se compara com a oferta gratuita de Deus. Pelo pecado de um homem, muitas pessoas morreram. Pela graça#graça A bondade divina. de um homem, Jesus Cristo, muitas pessoas receberam, em abundância, a graça de Deus e a sua salvação.16Adão foi condenado depois de ter pecado uma só vez, mas a oferta de Deus é diferente. A oferta de Deus salva as pessoas mesmo depois de terem pecado muitas vezes.17Pois, se a morte reinou pelo pecado de um homem, muito mais reinarão e viverão aqueles que recebem a graça abundante de Deus e a oferta gratuita de salvação, por meio de Jesus Cristo.
18Assim, como por um pecado muitos foram condenados, também por uma ação justa muitos homens são declarados justos e viverão.19Assim, como pela desobediência de um homem muitos se tornaram pecadores, também pela obediência de um homem muitos se tornarão justos.
20A lei#lei A lei de Moisés, a lei judaica. veio para aumentar o pecado. Mas onde aumentou o pecado, a graça#graça A bondade divina. de Deus aumentou ainda mais.21Portanto, assim como o pecado reinou por meio da morte, também a graça reina para nos dar a vida eterna por meio da justiça por meio de Jesus Cristo nosso Senhor.
Loading reference in secondary version...