9
Jesus cura um paralítico
1Jesus entrou no barco e atravessou novamente o lago, voltando para sua própria cidade.
2Algumas pessoas lhe trouxeram um paralítico deitado numa maca. Ao ver a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico:
—Coragem, meu filho! Os seus pecados estão perdoados.
3Alguns professores da lei ouviram aquilo e começaram a comentar entre si:
—Este homem está insultando a Deus.
4Jesus, porém, sabia o que eles estavam pensando e disse:
—Por que estão pensando essas coisas malignas?5O que é mais fácil dizer ao paralítico: “Os seus pecados estão perdoados”, ou “Levante-se e ande”?6Mas eu vou lhes mostrar que o Filho do Homem tem poder na terra para perdoar pecados.
E então disse ao paralítico:
—Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa.
7E o homem que era paralítico levantou-se e foi para casa.8Quando a multidão viu aquilo ficou com muito medo e deu glória a Deus por Ele ter dado tal poder aos homens.
Jesus chama Mateus
9Quando Jesus estava indo embora, viu um homem sentado no lugar onde se pagavam os impostos. O nome dele era Mateus. Jesus disse a ele:
—Siga-me!
Então Mateus se levantou e o seguiu.
10Quando Jesus estava comendo na casa de Mateus, muitos cobradores de impostos e pecadores também chegaram e tomaram lugar à mesa com Ele e seus discípulos.11Quando os fariseus#fariseus Eles eram um grupo religioso judeu que diziam seguir o Velho Testamento e outras leis e costumes judaicos cuidadosamente. viram aquilo, perguntaram aos discípulos de Jesus:
—Por que o mestre de vocês come com cobradores de impostos e com pecadores?
12Jesus, ouvindo a pergunta dos fariseus#fariseus Eles eram um grupo religioso judeu que diziam seguir o Velho Testamento e outras leis e costumes judaicos cuidadosamente., respondeu-lhes:
—Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes.13Vão e procurem entender o que quer dizer este trecho das Escrituras#Escrituras As coisas sagradas escritas, o Velho Testamento.: “O que eu quero é bondade e não sacrifícios”#“O que eu quero … sacrifícios” 9.13 Citação de Oséias 6.6.. Pois eu não vim para chamar os justos, e sim os pecadores.
Jesus ensina sobre o jejum
14Os discípulos de João Batista se aproximaram então de Jesus e lhe perguntaram:
—Por que é que tanto nós como os fariseus#fariseus Eles eram um grupo religioso judeu que diziam seguir o Velho Testamento e outras leis e costumes judaicos cuidadosamente. jejuamos#jejuar É ficar sem comer por um período especial de oração e adoração a Deus. muitas vezes enquanto que os seus discípulos não jejuam?
15Jesus lhes respondeu:
—Num casamento, os amigos do noivo não ficam tristes enquanto o noivo está com eles. Dias virão, porém, em que o noivo lhes será tirado e nesses dias eles jejuarão#jejuar É ficar sem comer por um período especial de oração e adoração a Deus..
16—Ninguém remenda uma roupa velha com retalho de pano novo pois, se o fizer, o pano novo encolhe e rasga a roupa velha, deixando o primeiro rasgo ainda pior.17Da mesma forma, ninguém coloca vinho novo em odres#odres Bolsas feitas de pele de animal e usadas para guardar vinho. velhos, pois, se o fizer, os odres se arrebentarão, o vinho se derramará e os odres ficarão arruinados. Ao contrário, vinho novo é colocado em odres novos e ambos se conservam.
Jesus ressuscita uma menina e cura uma mulher
18Mal Jesus tinha acabado de dizer essas coisas, quando um chefe da sinagoga#sinagoga Lugar onde os judeus se reuniam para ler e estudar as Escrituras. aproximou-se dele e, ajoelhando-se, disse:
—Minha filha acaba de morrer; mas venha e coloque as mãos sobre ela para que ela volte à vida.
19Jesus, então, levantou-se e o seguiu. Os seus discípulos também foram.20Enquanto caminhavam, uma mulher que há doze anos sofria de hemorragia aproximou-se por trás de Jesus e tocou na barra de sua roupa.21Ela fez aquilo porque pensava:
—Se eu ao menos tocar em sua roupa, ficarei curada.
22Jesus virou-se e, vendo a mulher, lhe disse:
—Coragem, minha filha, a sua fé a curou.
E desde aquele momento a mulher ficou curada.
23Jesus chegou à casa do chefe da sinagoga#sinagoga Lugar onde os judeus se reuniam para ler e estudar as Escrituras. e viu algumas pessoas tocando música de enterro e o povo em alvoroço.24Ao ver aquilo, Jesus disse:
—Saiam todos! A menina não está morta; apenas dorme!
Muitas pessoas começaram a caçoar dele por causa disso.
25Depois de todos terem saído, Jesus entrou no quarto da menina, pegou-a pela mão e ela se levantou.26E a notícia a respeito desse fato se espalhou por toda aquela região.
Jesus cura dois cegos
27Jesus estava indo embora quando dois cegos o seguiram. Eles gritavam:
—Tenha misericórdia de nós, Filho de Davi#Filho de Davi Nome dado a Cristo, que era da família de Davi.!
28Assim que Jesus entrou na casa, os cegos se aproximaram dele e Jesus lhes perguntou:
—Vocês crêem que eu posso realmente curá-los?
E eles responderam:
—Sim, senhor!
29Jesus tocou nos olhos deles e disse:
—Que seja feito de acordo com a sua fé.
30E os olhos dos cegos se abriram. Jesus, entretanto, os avisou severamente, dizendo:
—Não deixem que ninguém saiba disso!
31Mas assim que eles saíram, espalharam as notícias a respeito de Jesus por toda aquela região.
Jesus cura um mudo
32Depois de eles terem ido embora, algumas pessoas levaram um homem até Jesus. Ele era mudo, pois estava possuído por um demônio.33Quando o demônio foi expulso, o homem começou a falar e toda a multidão, admirada, dizia:
—Nunca se viu coisa igual a esta em Israel!
34Os fariseus#fariseus Eles eram um grupo religioso judeu que diziam seguir o Velho Testamento e outras leis e costumes judaicos cuidadosamente., porém, diziam:
—É o chefe dos demônios que lhe dá poder para expulsar demônios.
Jesus tem pena do povo
35Jesus viajava por todas as cidades e aldeias daquela região e ensinava nas suas sinagogas. Ele proclamava as Boas Novas do reino a todos e curava toda espécie de doenças e enfermidades.36Quando Jesus viu a multidão, teve muita pena, pois as pessoas pareciam aflitas e desamparadas, como ovelhas que não têm pastor.37Jesus, então, disse aos seus discípulos:
—A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos.38Portanto, orem ao Senhor para que Ele mande mais trabalhadores para a sua colheita, pois Ele é o dono dos campos.
Loading reference in secondary version...