1
Introdução
1De Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, a todo o povo de Deus que está espalhado pelo mundo: Saudações.
Fé e sabedoria
2Meus irmãos, considerem como motivo de alegria o fato de passarem por vários tipos de provações.3Pois vocês sabem que a sua fé, depois de ter sido colocada à prova e confirmada, produz perseverança.4Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que vocês sejam perfeitos e completos, sem faltar nada.
5Porém, se algum de vocês sente falta de sabedoria, peça-a a Deus e Ele lhe dará, pois Ele é generoso para com todos e não censura ninguém.6Mas peça com fé, sem duvidar de nada, pois aquele que duvida é como a onda do mar, agitada e levada de um lado para outro pelo vento.7A pessoa que é assim não deve pensar que receberá alguma coisa do Senhor,8pois ela não sabe o que quer e é inconstante em tudo o que faz.
A verdadeira riqueza
9O irmão de condição humilde deve se orgulhar de Deus ter-lhe dado riquezas espirituais.10E o irmão rico deve se orgulhar de Deus tê-lo feito humilde, pois ele desaparecerá como a flor do campo.11O sol se levanta com o seu ardente calor; a planta seca, a sua flor cai e a beleza dela desaparece. Assim também o rico desaparecerá, juntamente com os seus negócios.
Deus não tenta ninguém
12Feliz é aquela pessoa que suporta com perseverança a provação porque, depois de ter sido aprovada, ela receberá a coroa da vitória, que é a vida que Deus prometeu aos que o amam.13Ninguém ao ser tentado deve dizer: “Esta tentação vem de Deus”, pois Deus não pode ser tentado pelo mal e Ele mesmo não tenta ninguém.14Mas cada um é tentado pelos seus próprios maus desejos, quando estes desejos o atraem e o seduzem.15Estes maus desejos, depois de conceber, dão à luz o pecado. E o pecado, depois de crescido, gera a morte.
16Não se enganem, meus queridos irmãos.17Tudo o que é bom e todo dom que é perfeito vem lá do céu, do Pai que criou as luzes celestiais. Nele não há variação nem qualquer mudança que produza sombra.18Ele decidiu nos tornar seus filhos pela mensagem da verdade, para que possamos ocupar o primeiro e mais importante lugar entre todas as suas criaturas.
Ouvir e praticar
19Lembrem-se destas coisas, meus queridos irmãos: Cada um de vocês deve estar pronto para ouvir, porém deve demorar para falar e para ficar bravo.20Porque a ira humana não leva à vida justa que Deus quer que tenhamos.21Portanto, evitem tudo o que é imoral e deixem de praticar as coisas más que tanto os influenciam. Aceitem com mansidão a mensagem que Deus plantou em seus corações, a qual é poderosa para salvar as suas almas.
22Vocês devem praticar o que a mensagem ensina e não devem somente ouvir, enganando a vocês mesmos.23Porque, se alguém ouve a mensagem de Deus e não pratica o que ela ensina, é como uma pessoa que olha o seu rosto natural num espelho.24Ele dá uma boa olhada em si mesmo, depois sai e logo se esquece de como era a sua aparência.25Mas se alguém examinar bem a lei perfeita—a qual traz liberdade—e continuar firme nela, não apenas como um ouvinte negligente mas como um praticante ativo, esse será feliz no que realizar.
A religião que é aceita por Deus
26Se alguém pensa ser religioso, engana a si mesmo, se não souber controlar a sua língua, e a sua religião não vale nada.27A religião pura e verdadeira que é aceita por Deus Pai é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas aflições, e guardar a si mesmo incontaminado do mundo.
Loading reference in secondary version...