13
Os deveres sociais
1Não deixem de amar uns aos outros como irmãos em Cristo.2Não deixem de ser hospitaleiros; pois alguns, sendo hospitaleiros, sem saber, receberam anjos.3Lembrem-se dos que estão presos, como se vocês estivessem presos com eles. Lembrem-se dos que são maltratados, como se vocês mesmos fossem os maltratados.
4O casamento deve ser honrado por todos, e todo casamento deve ser mantido puro, porque Deus vai julgar aqueles que são sexualmente imorais e os adúlteros.5Não deixem que a vida de vocês seja dominada pelo amor ao dinheiro. Contentem-se com as coisas que vocês têm, pois Deus tem dito:
“Eu nunca o deixarei;
Eu jamais o abandonarei”.
6Assim, nós podemos dizer com confiança:
“O Senhor é quem me ajuda,
e eu não terei medo.
O que o homem me poderá fazer?”
Os deveres espirituais
7Lembrem-se dos seus líderes, os quais lhes anunciaram a mensagem de Deus; reflitam sobre o fim da vida deles e imitem a fé que eles tiveram.8Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e para sempre.
9Não se deixem envolver por todos os tipos de ensinos estranhos. O que vale são os corações de vocês estarem fortalecidos pela graça#graça A bondade divina. de Deus, e não pela obediência a regras a respeito de alimentos. Obedecer a essas regras não lhes traz nenhum benefício.
10Nós possuímos um sacrifício em nosso altar, e os sacerdotes que servem no tabernáculo não têm o direito de comer dele.11O sumo sacerdote#sumo sacerdote O líder e sacerdote judeu mais importante. mata os animais e leva o seu sangue para o Lugar Santíssimo#Lugar Santíssimo O lugar onde Deus habita e é adorado. como oferta pelo pecado. Depois disto, os corpos daqueles animais são queimados fora do acampamento.12Foi por isso que Jesus também sofreu fora da cidade, para que, pelo seu próprio sangue, santificasse o seu povo.13Vamos, pois, chegar até Ele fora do acampamento, suportando a mesma desonra que ele suportou.14Na verdade, nós não temos uma cidade permanente aqui, mas buscamos a cidade que há de vir.15Por meio de Jesus, portanto, vamos sempre oferecer a Deus um sacrifício de louvor, que é a oferta dada por lábios que testemunham a respeito do seu nome.16Não deixem de fazer o bem nem de ajudar uns aos outros, pois são estes os sacrifícios que agradam a Deus.
17Obedeçam aos seus líderes e sejam submissos a eles; pois eles cuidam das almas de vocês, sabendo que vão prestar contas disso a Deus. Obedeçam-lhes, para que eles possam fazer este trabalho com alegria, e não como se fosse um peso, pois isto não traria nenhuma vantagem a vocês.
18Orem por nós, pois temos certeza de que nossa consciência está tranqüila, uma vez que procuramos sempre nos portar bem em todas as coisas.19E eu lhes peço que orem para que Deus me mande de volta a vocês o mais depressa possível.
20O Deus que traz a paz foi quem ressuscitou a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas. Deus o ressuscitou por causa do seu sangue, e é por meio deste sangue que a aliança#aliança Acordo (pacto, contrato) que Deus faz com seu povo. eterna é selada.21Que esse mesmo Deus os aperfeiçoe a fim de que vocês cumpram a sua vontade. Que Ele, por meio de Jesus Cristo, faça em nós tudo o que lhe agrada. A Cristo seja dada a glória para todo o sempre. Amém.
22Eu ainda lhes peço, irmãos, que ouçam com paciência estas palavras de encorajamento pois, afinal de contas, esta carta não é muito longa.23Quero que saibam que o irmão Timóteo foi posto em liberdade. Se ele vier logo, eu o levarei comigo quando for vê-los.24Lembranças a todos os seus líderes, bem como a todo o povo de Deus. Os irmãos da Itália também mandam lembranças.25Que a graça#graça A bondade divina. de Deus esteja com todos vocês.
Loading reference in secondary version...