3
Servos de uma nova aliança
1Por acaso começamos outra vez a elogiar a nós mesmos? Ou será que precisamos, como alguns, de cartas de recomendação para vocês, ou de vocês? Claro que não!2Vocês mesmos são a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos.3Vocês mostram que são uma carta de Cristo, o resultado do nosso trabalho. Uma carta que não foi escrita com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo. Uma carta que não foi escrita em placas de pedra#placas de pedra A lei que Deus deu a Moisés no monte Sinai foi escrita com palavras em placas de pedra. Leia Êxodo 24.12; 25.16., mas nos corações humanos.
4Nós temos esta confiança em Deus, por meio de Cristo.5Eu não quero dizer que somos qualificados para fazer este trabalho por nós mesmos. Ao contrário, a nossa qualificação vem de Deus.6Deus nos qualificou para sermos administradores de uma nova aliança, a qual não se baseia em uma lei escrita, mas no Espírito#Espírito Também é chamado de “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo” e “Conselheiro”. Ele está unido com Deus e Cristo e realiza o trabalho de Deus entre as pessoas do mundo.. Pois a lei escrita traz a morte, mas o Espírito dá a vida.
7A administração que foi caracterizada pela morte (isto é, a lei#lei A lei de Moisés, a lei judaica. gravada com letras em pedras), estava cheia de glória. Essa glória era tanta que o povo de Israel não podia encarar o rosto de Moisés, por causa da glória refletida no seu rosto (embora mais tarde essa glória desaparecesse).8Se era tanta a glória daquela administração, quanto maior não será a glória da administração caracterizada pelo Espírito#Espírito Também é chamado de “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo” e “Conselheiro”. Ele está unido com Deus e Cristo e realiza o trabalho de Deus entre as pessoas do mundo.!9A administração, pela qual os homens são condenados, tinha uma grande glória. Quanto maior então não será a glória da administração pela qual os homens são declarados justos!10Na realidade, a glória da velha administração não é nada em comparação com a glória muito mais brilhante da nova administração.11Pois se aquela administração que estava destinada a desaparecer teve sua glória, quanto mais glória terá a nova administração que dura para sempre!
12Temos uma esperança que é baseada na administração gloriosa do Espírito#Espírito Também é chamado de “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo” e “Conselheiro”. Ele está unido com Deus e Cristo e realiza o trabalho de Deus entre as pessoas do mundo., e é por isso que agimos com muita confiança.13Não somos como Moisés, que cobria o rosto com um véu. Ele fazia isso para que o povo de Israel não visse o fim da glória daquela administração, que estava destinada a desaparecer.14Mas eles não conseguiam entender. Mesmo hoje, quando lêem o Velho Testamento, aquele mesmo véu permanece e esconde deles o significado do que lêem. E esse véu somente é retirado por Cristo.15Mas até mesmo nos dias de hoje, sempre que as pessoas do povo de Israel lêem a lei de Moisés, esse véu permanece nos corações delas.16Mas quando uma delas se converte ao Senhor, o véu é tirado.17O Senhor é o Espírito. E onde o Espírito do Senhor está presente, aí há liberdade.18Portanto, todos nós temos o rosto descoberto e refletimos como um espelho a glória do Senhor. Nós somos transformados na sua própria imagem com uma glória cada vez maior. E esta é a obra do Senhor, que é o Espírito.
Loading reference in secondary version...