11
Jesus e João Batista
(Lc 7.18-35)
1Quando acabou de instruir seus doze discípulos, Jesus saiu para ensinar e pregar nas cidades da Galileia.#11.1 Grego: cidades deles.
2João, ao ouvir na prisão o que Cristo estava fazendo, enviou seus discípulos para lhe perguntarem: 3“És tu aquele que haveria de vir ou devemos esperar algum outro?”
4Jesus respondeu: “Voltem e anunciem a João o que vocês estão ouvindo e vendo: 5os cegos veem, os aleijados andam, os leprosos#11.5 O termo grego não se refere somente à lepra, mas também a diversas doenças da pele. são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e as boas-novas são pregadas aos pobres; 6e feliz é aquele que não se escandaliza por minha causa”.
7Enquanto saíam os discípulos de João, Jesus começou a falar à multidão a respeito de João: “O que vocês foram ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? 8Ou, o que foram ver? Um homem vestido de roupas finas? Ora, os que usam roupas finas estão nos palácios reais. 9Afinal, o que foram ver? Um profeta? Sim, eu digo a vocês, e mais que profeta. 10Este é aquele a respeito de quem está escrito:
“ ‘Enviarei o meu mensageiro à tua frente;
ele preparará o teu caminho diante de ti’.#11.10 Ml 3.1
11Digo a verdade a vocês: Do meio dos nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele. 12Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele. 13Pois todos os Profetas e a Lei profetizaram até João. 14E se vocês quiserem aceitar, este é o Elias que havia de vir. 15Aquele que tem ouvidos, ouça!
16“A que posso comparar esta geração? São como crianças que ficam sentadas nas praças e gritam umas às outras:
17“ ‘Nós tocamos flauta,
mas vocês não dançaram;
cantamos um lamento,
mas vocês não se entristeceram’.
18Pois veio João, que jejua e não bebe vinho,#11.18 Grego: não comendo, nem bebendo. e dizem: ‘Ele tem demônio’. 19Veio o Filho do homem comendo e bebendo, e dizem: ‘Aí está um comilão e beberrão, amigo de publicanos e pecadores’. Mas a sabedoria é comprovada pelas obras que a acompanham”.
Ai das Cidades que Não se Arrependem
(Lc 10.13-15)
20Então Jesus começou a denunciar as cidades em que havia sido realizada a maioria dos seus milagres, porque não se arrependeram. 21“Ai de você, Corazim! Ai de você, Betsaida! Porque se os milagres que foram realizados entre vocês tivessem sido realizados em Tiro e Sidom, há muito tempo elas se teriam arrependido, vestindo roupas de saco e cobrindo-se de cinzas. 22Mas eu afirmo que no dia do juízo haverá menor rigor para Tiro e Sidom do que para vocês. 23E você, Cafarnaum, será elevada até ao céu? Não, você descerá até o Hades!#11.23 Essa palavra pode ser traduzida por inferno, sepulcro, morte ou profundezas. Se os milagres que em você foram realizados tivessem sido realizados em Sodoma, ela teria permanecido até hoje. 24Mas eu afirmo que no dia do juízo haverá menor rigor para Sodoma do que para você”.
Repouso para os Cansados
(Lc 10.21,22)
25Naquela ocasião, Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos. 26Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.
27“Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.
28“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês. 29Tomem sobre o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.
Loading reference in secondary version...

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI®
Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.®
Used by permission. All rights reserved worldwide.