Carta aos Hebreus 2
VFL
2
O perigo da negligência
1Por esta razão, nós devemos nos apegar com mais firmeza às verdades que ouvimos, para que delas jamais nos desviemos.2Ficou provado ser verdadeira a mensagem que foi falada pelos anjos; e todos aqueles que violaram esta mensagem e a ela não obedeceram receberam o castigo que mereciam.3Portanto, como é que escaparemos se negligenciarmos tão grande salvação? Esta salvação foi anunciada primeiramente pelo Senhor; e depois, aqueles que a ouviram, nos provaram que ela é verdadeira.4Deus também testemunhou junto com eles, por meio de sinais, maravilhas, vários milagres, e pela distribuição de dons do Espírito Santo#Espírito Santo Também é chamado de “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo” e “Conselheiro”. de acordo com a sua vontade.
Jesus, o Salvador e Sumo Sacerdote
5Pois não foi a anjos que Deus deu o poder para governar o novo mundo que ia vir, isto é, o mundo do qual estamos falando.6Porém, em algum lugar nas Escrituras#Escrituras As coisas sagradas escritas, o Velho Testamento., pode-se ler:
“Ó Deus! Quem é o homem para que o Senhor se lembre dele?
Ou quem é o filho do homem#filho do homem 2.6 Se refere a qualquer homem, mas o nome “filho do homem” é freqüentemente usado referindo-se a Jesus. para que o Senhor se interesse por ele?
7O Senhor o colocou por algum tempo numa posição inferior à dos anjos,
mas depois o coroou de glória e honra
8e colocou todas as coisas debaixo dos seus pés”.
Ora, se todas as coisas foram colocadas sob a sua autoridade, nada foi deixado fora do seu domínio. Contudo, ainda não vemos todas as coisas sob o seu domínio.9Nós, porém, vemos a Jesus, o qual foi, por algum tempo, colocado numa posição inferior à dos anjos. Nós o vemos coroado de glória e honra por causa do seu sofrimento e de sua morte. Foi pela graça#graça A bondade divina. de Deus que Ele morreu por todas as pessoas.
10Todas as coisas existem por causa de Deus e por meio dele, e Ele quer que todos os seus filhos participem da sua glória. É por isso que foi necessário que Deus, por meio de sofrimento, aperfeiçoasse aquele que guiaria seus filhos para a salvação.11Pois, tanto aqueles que são consagrados a Deus como aquele que os consagra vêm de um mesmo Pai. É por isso que Ele não se envergonha de os chamar de irmãos,12quando diz:
“Senhor! Eu vou falar aos meus irmãos a seu respeito
e vou lhe cantar hinos de louvor no meio da congregação”.
13Ele também diz:
“Eu confiarei nele”.
E ainda diz:
“Aqui estou com os filhos que Deus me deu”.
14Os filhos são pessoas de carne e sangue. Por isso Jesus também se tornou como eles e participou da natureza humana deles. Ele fez isso para que, por intermédio da sua morte, pudesse destruir aquele que tem o poder sobre a morte, isto é, o Diabo.15Ele fez isso para que também pudesse libertar aqueles que, por medo da morte, tinham sido escravos por toda a vida.16Está claro que não é a anjos que Jesus ajuda. Ele ajuda aos descendentes de Abraão#Abraão Um ancestral do povo judeu muito respeitado. Ele é considerado o pai do povo judeu..17Por isso mesmo foi necessário que Ele se tornasse igual aos seus irmãos em todas as coisas. Dessa forma Ele se tornaria um sumo sacerdote#sumo sacerdote O líder e sacerdote judeu mais importante. misericordioso e fiel no serviço de Deus e poderia oferecer sacrifício pelos pecados do povo.18Agora Ele pode socorrer aqueles que são tentados, pois Ele mesmo sofreu e foi tentado.