Salmos 44
NBV-P
44
Para o mestre de música. Dos coraítas. Um poema.
1Ó Deus, ouvimos com nossos próprios ouvidos as histórias dos nossos pais a respeito dos seus grandes feitos, em seus dias.
2Com a sua própria mão o Senhor arrancou desta terra os povos pagãos que aqui viviam, dando lugar ao nosso povo. Israel se tornou o dono de toda a terra, e o Senhor os fez prosperar.
3Não foi por sua própria força, nem com suas armas. Eles venceram os inimigos e conquistaram a terra pela mão direita do Senhor, pelo seu forte braço e iluminados pela luz do seu rosto. Conseguiram isso por causa do seu amor por eles.
4Ó Deus, o Senhor é o meu rei! O Senhor ordena e confirma a vitória de Israel, o seu povo.
5Pois somente com a sua ajuda podemos vencer os nossos inimigos; pelo seu nome pisamos naqueles que se levantam contra nós.
6Não confio em meu arco e na minha espada para me salvar,
7mas no Senhor que vence os nossos inimigos e cobre de vergonha os que nos odeiam.
8Deus é o motivo de nos gloriarmos a cada instante; louvaremos o seu nome para sempre.
9No entanto, o Senhor nos rejeitou e por isso passamos vergonha diante das nações. O Senhor já não sai às batalhas com os nossos exércitos,
10e por isso somos obrigados a fugir do inimigo; nossos adversários nos odeiam e roubam as nossas riquezas.
11O Senhor entregou os israelitas à morte, como ovelhas num matadouro; nosso povo foi espalhado entre as nações.
12O Senhor nos vendeu a troco de nada, não lucrando com o seu preço.
13As nações vizinhas zombam e riem de nós por causa do que aconteceu. Somos motivo de riso e menosprezo daqueles que nos rodeiam.
14O Senhor fez de nós motivo de zombaria entre as nações; os povos meneiam a cabeça quando nos veem.
15Onde quer que eu vá, sofro o mesmo vexame; o meu rosto está coberto de vergonha
16por causa daqueles que me afrontam e blasfemam, por causa dos meus inimigos que desejam vingança.
17Senhor, por que tudo isso aconteceu? Nós não nos esquecemos do Senhor, nem deixamos de cumprir a sua aliança.
18Nossos corações não abandonaram o Senhor; nossos pés não se desviaram do seu caminho.
19Então, por que razão o Senhor nos castiga nesta terra seca e sem vida? Por que o Senhor nos cobriu de densas trevas?
20Se tivéssemos esquecido o nome do nosso Deus e tivéssemos estendido as nossas mãos em oração a deuses estrangeiros,
21Deus com certeza saberia, pois ele conhece os segredos de cada coração!
22Mas o fato é que por sermos fiéis ao Senhor estamos sofrendo perigo de morte a todo instante; somos como ovelhas destinadas ao matadouro.
23Acorde, Senhor! Por que continua indiferente? Levante-se! Não nos abandone para sempre!
24Por que esconde de nós o seu rosto e esquece a nossa miséria e desespero?
25Já fomos tão humilhados que andamos com o rosto no chão, arrastando o corpo no pó.
26Levante-se, Senhor! Venha socorrer o seu povo! Salve-nos por causa do seu amor fiel e constante.

Nova Bíblia Viva

Copyright © 2007 por Biblica, Inc.®

Usado com permissão da Biblica, Inc.® Todos os direitos reservados.

Learn More About Nova Bíblia Viva Português